Como é trabalhar no mercado de energia renovável

Os desafios técnicos e gerenciais da transição energética sempre me intrigaram, devido à sua inevitabilidade e complexidade.  

Ver tantos países com sua matriz energética baseada no uso de combustíveis fósseis, em fontes que dão sinais claros e inquestionáveis de exaustão e desgastes socioambientais, era algo que me inquietava.  

Ao mesmo tempo, me empolgava! Porque percebi que estava vivendo um período de importantes oportunidades. 

O início 

Após realizar estágio no mercado de energia renovável, percebi que havia encontrado meu propósito: direcionar esforços para que, cada vez mais, empresas e pessoas entendessem a importância de investir em energia limpa, preservando a nossa vida e a vida das gerações futuras.  

Foi quando percebi que um dos maiores desafios para a geração renovável é, de fato, interligar a disponibilidade de recursos naturais a diversos critérios econômicos, sociais e ambientais.  

E, realmente, o desenvolvimento, a implantação e a operação de um parque eólico, por exemplo, é um conjunto integrado do trabalho duro (e gratificante) de múltiplas áreas.  

#TimeOmega

Em 2019 me formei em Engenharia Ambiental e, pouco tempo depois, a Omega me ofereceu a oportunidade de compartilhar do seu propósito: transformar o mundo por meio da energia limpa, barata e simples. Assim, há um ano faço parte do seu time de Meio Ambiente e atuo nos ativos operacionais. 

Logo que cheguei, recém-formada, já recebi responsabilidades em projetos relevantes para a companhia. Dentre eles, estão M&As e projetos de Sustentabilidade, como o ESG, que se desdobra em diversas entregas, como a implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) da empresa, emissão de RECs, projetos de crédito de carbono, entre outros. Tudo isso com o apoio de um time multidisciplinar extremamente competente e uma diretoria acessível, com espírito colaborativo e em aprendizado contínuo. 

Por ser tradicional, muita gente acha que o setor elétrico é engessado. Mas, muito pelo contrário! Aqui, nada de tradicionalismos. A Omega Geração cresceu mais de sete vezes nos últimos três anos e, desde sua fundação, em 2008, estamos transformando o mercado de energia.  

O crescimento

Um dia desses, conversando com um amigo do setor elétrico, ele me questionou como a empresa cresceu tanto em tão pouco tempo.  

Para mim, a resposta é clara: graças a uma equipe (literalmente) com energia, com o mesmo propósito e visão, resolvedora de problemas e que, mesmo em meio à pandemia, não parou. Além disso, buscamos fazer mais, ao realizar projetos sociais voluntários, fomentando a economia local e mudando a vida de tantas pessoas.  

O porquê 

Contribuímos, de fato, para uma causa maior, que é combater as mudanças climáticas. Para mim, trabalhar no mercado de energia renovável é atuar para tornar realidade a mudança que eu quero ver no mundo. E entender a relevância da energia renovável é um insight fundamental para compreender as oportunidades de desenvolvimento econômico global: 

  • Em abril de 2019, pela primeira vez na história norte americana, a geração de energia renovável ultrapassou termelétricas movidas a carvão, fornecendo 23% da energia dos EUA, contra 20% do carvão; 
  • Desde 2009, as fontes eólicas e solar se tornaram as mais competitivas em preço, com uma queda vertiginosa de 70% e 89% respectivamente; 

Esses são só alguns dados para mostrar que o mercado de energia renovável é, inquestionavelmente, um dos mais promissores no mundo e, como diria minha coordenadora: “contra dados, não há argumentos”.