15 dicas eficazes: como economizar energia elétrica no verão?

Bandeira vermelha: a conta de energia ficou mais cara em dezembro de 2020, com o adicional de R$ 0,06243 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Pensando nisso, preparamos um artigo focado em como economizar energia elétrica em casa e no trabalho, visto que o consumo consciente traz inúmeras vantagens, desde a economia de recursos até a sustentabilidade.  

São diversos fatores que influenciam no valor dessa conta, por exemplo: o calor excessivo, a falta de chuva para abastecer as usinas hidrelétricas e o uso de aparelhos eletrônicos, tais como o ar-condicionado. Por sinal, a pandemia de covid-19 também impactou no aumento do consumo de energia residencial no Brasil. Isso, porque as pessoas estão passando mais tempo em suas residências, devido às medidas de isolamento social.  

Sendo assim, convidamos você a continuar com a gente e conferir nossas 15 dicas para economizar energia, em casa ou no trabalho!  

Como economizar energia elétrica em casa? 

A seguir, listamos seis dicas de como economizar energia elétrica nas residências, sendo que algumas delas também podem ser adaptadas para o contexto corporativo. 

1. Aproveite a luz natural, sempre que possível 

O primeiro passo de como economizar energia elétrica em casa é aproveitar a iluminação natural, abrindo cortinas e janelas durante a incidência dos raios de sol. E o melhor: essa atitude ainda é saudável, porque ajuda na produção de vitamina D no organismo, o que previne doenças.  

Além disso, é importante desligar as luzes dos ambientes que estão vazios. Ou, se for o caso, compartilhar o cômodo com familiares que estejam realizando outras atividades, desde que uma pessoa não atrapalhe a outra, claro. 

2. Junte uma pilha de roupas antes de lavar ou passar  

Que tal juntar uma boa quantidade de roupas antes de começar a lavar ou passar? Tente organizar essas tarefas conforme suas necessidades, mas também pensando na economia em potencial ao usar a máquina de lavar e o ferro elétrico em períodos mais espaçados. 

3. Não deixe a geladeira aberta por mais tempo do que o necessário 

Uma das principais dicas de como economizar energia elétrica é não deixar a porta da geladeira aberta desnecessariamente. Tente pegar tudo aquilo que precisa de uma só vez, evitando assim o abre e fecha.  

Verifique também se a borracha de vedação está em boas condições, assim como se o termostato está regulado para a estação do ano. 

4. Troque suas lâmpadas pelas de LED 

Substituindo suas lâmpadas incandescentes, você obtém mais economia, eficiência e durabilidade. Apesar do preço mais alto na hora de comprar um modelo LED, esse valor pode ser recuperado em cerca de quatro meses, pois enquanto o gasto das incandescentes é de R$ 5,48 para seis horas, as lâmpadas de LED consomem apenas R$ 0,64 no mesmo período.  

Em paralelo, vale a pena considerar a instalação de sensores de presença em certos locais, como na garagem. Eles serão acionados apenas quando houver movimentação e, depois, desligam automaticamente. 

5. Opte por aparelhos que têm os selos Procel e Conpet 

Já ouviu falar em eficiência energética? Quando for adquirir novos equipamentos, escolha aqueles que têm os selos Procel e Conpet, que identificam os produtos reconhecidos por otimizar o uso dasfontes de energia.  

6. Mude o chuveiro para a posição “verão” 

Para fechar as dicas de como economizar energia elétrica em casa, uma atitude simples é mudar seu chuveiro para a posição “verão”. Segundo a Proteste, “abrir mão do chuveiro no aquecimento máximo (inverno) para utilizá-lo no aquecimento baixo (verão) pode gerar uma economia média na conta de energia elétrica de até 35,5%”.  

E não se esqueça de tomar banhos rápidos, o que ainda contribui para a economia de água, ok? 

E como economizar energia elétrica no trabalho? 

O comprometimento com a sustentabilidade já faz parte do planejamento estratégico de muitas companhias. Logo, a questão “como reduzir o consumo de energia?” é um dos pontos-chave para ser uma empresa sustentável e garantir a continuidade dos negócios. 

7. Repense o uso de espaços funcionais e ociosos 

Para obter mais eficiência e produtividade, encomende um estudo dolayout funcional do imóvel, para readequar o posicionamento de colaboradores, recursos produtivos, máquinas, materiais e afins.  

8. Adapte a jornada de trabalho 

Muitas companhias adotaram o regime de home office durante a emergência sanitária do coronavírus. Entretanto, há certas operações em que é necessário ter a presença dos colaboradores. Nesses casos, vale considerar a jornada de trabalho flexível para a realização das atividades.  

9. Programe a manutenção dos equipamentos  

É fundamental programar manutenções periódicas, em especial para os aparelhos antigos, bem como para aqueles que podem ter o funcionamento prejudicado e o rendimento reduzido.  

10. Ouça as sugestões de funcionários 

Incluir colaboradores é uma ótima maneira de implementar ações para economizar energia. Afinal, você precisará contar com o engajamento do quadro funcional para colocar tudo em prática. Como exemplo, pode surgir uma sugestão de pintar as paredes com cores claras, que absorvem menos calor do que as escuras. 

11. Desligue os aparelhos que não estão em uso 

Quando os aparelhos não estão sendo usados, a recomendação é retirá-los das tomadas. De acordo com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), aparelhos eletrônicos no modo stand-by podem aumentar a conta de energia em 15% ao mês.  

12. Use o ar-condicionado racionalmente 

A dica aqui é usar o ar-condicionado apenas quando o ambiente realmente precisa ser refrigerado, lembrando de fechar janelas e portas, para evitar a troca de calor com a área externa. E, se possível, escolha um aparelho com a tecnologia inverter, que se ajusta à demanda de resfriamento. 

13. Migre para o Mercado Livre de Energia (MLE) 

A migração para o MLE é a dica de ouro de como economizar energia elétrica nas empresas, podendo reduzir até 30% na conta de luz. Juntamente com a expressiva economia, esses são mais alguns diferenciais do Ambiente de Comercialização Livre (ACL)

  • Livre escolha de fornecedores, o que aumenta a eficiência dos serviços e reduz os preços da energia; 
  • Disponibilidade de fontes de energia renováveis: solar, eólica, hidrelétrica e outras; 
  • Flexibilidade na negociação entre as partes, com contratos de curto, médio e longo prazo
  • Previsibilidade de custos com energia elétrica, com valores pré-estabelecidos para o que for consumido; 
  • Sem horários de pico, já que as tarifas têm o mesmo preço de energia, independentemente do período de consumo; 
  • Sem bandeiras tarifárias, que não se aplicam a consumidores do mercado livre. 

Quer sabercomo migrar para o Mercado Livre de Energiae reduzir consideravelmente a conta de energia da sua empresa? Fale com a gente e conheça um novo jeito de comprar energia, com a praticidade de uma plataforma 100% digital. 

Plus: como economizar energia no inverno? 

Além de saber como economizar energia no verão, podemos adaptar as dicas acima para as demandas de outras estações. No inverno, por exemplo, há um aumento no uso de aquecedores, chuveiros elétricos e secadores de cabelo, o que deve ser feito de maneira racional, além de ajustar os termostatos, procurar tomar banhos rápidos e assim por diante. 

Enfim, gostou das nossas dicas de como economizar energia elétrica? Aqui na Omega, nós investimos na sustentabilidade, pois acreditamos que a energia limpa, barata e simples pode contribuir para mudar o mundo. Somos uma geradora 100% renovável e, por meio das nossas iniciativas, já evitamos a emissão de 568 mil toneladas de CO2, desde 2017. 

Para conhecer mais sobre o nosso trabalho, assine a newsletter e confira outros conteúdos no Blog