Um novo jeito de comprar (e gerenciar) energia – Parte 2

Transformamos o jeito de comprar e gerenciar energia. Descubra todos os desafios do time de Tecnologia ao longo dessa jornada!

Em nosso primeiro post de lançamento contextualizamos o Mercado Livre de Energia e as motivações que nos levaram a criar a nossa plataforma digital. Hoje vamos contar os bastidores do desenvolvimento, do esboço à entrega, e os principais desafios do time de Tecnologia para transformar essa inovação em realidade. 

Um projeto inovador nem sempre é digital ou feito de algoritmos complexos. Mas no nosso caso essa necessidade ficou evidente ainda na etapa de pesquisa e descoberta do produto, quando entrevistamos potenciais clientes. Precisávamos de muita agilidade para entregar as propostas de valor no ritmo dinâmico tão característico do mercado de energia.  

Foi assim que o time de produto trabalhou para transformar a compra e a gestão de energia em um processo online, simplificado, de alguns cliques. E ainda proporcionar aos clientes a SmartFlex, ou seja, flexibilidade infinita, para receber exatamente a energia consumida, sem a dor de cabeça do curto prazo.   

Implementação

Pessoas fazem as coisas acontecerem. Nosso time de produto foi crescendo de forma gradual e em quase doze meses somamos vinte pessoas diretamente envolvidas no desenvolvimento da nossa plataforma. Mas não parou por aí. Ao longo do tempo contamos com o reforço e a expertise de pessoas de praticamente toda a empresa. Trocamos bastante e fizemos diversas cocriações baseadas em metodologias ágeis até chegar ao resultado que apresentamos recentemente. 

Repensar os processos existentes foi um grande desafio, dado que o mercado ainda é muito analógico e personificado. Mas como somos inconformados e adoramos desafiar o status quo, fizemos disso um incentivo para seguirmos mais fortes. Além disso, estamos inovando e sendo pioneiros no setor, ocupando um espaço até então vazio – de uma geradora renovável digital.

Senna, Diretor de Energia Digital 

Nossas maiores inspirações vieram de outros setores, com empresas que também saíram da zona de conforto e recriaram modelos de negócio super tradicionais. Gostamos de citar o Nubank (serviços financeiros), o Quinto Andar (moradia) e a Tesla (mobilidade sustentável). A Conta Azul (sistema de gestão financeira para empresas) também foi uma grande referência para nós. 

Algoritmos

Para aplicar tecnologia ao setor de energia e torná-lo mais simples e ao mesmo tempo seguro, criamos algoritmos de análise de crédito e de preço. Esse foi o melhor caminho para empoderar clientes de empresas e consultorias de todos os tamanhos e assim encurtar a distância entre eles e um gerador de energia renovável – no caso, a Omega. A possibilidade de contratar energia com alguns cliques era algo inimaginável até então, mas provamos que é possível. 

“Acho que os maiores desafios que tivemos, e ainda temos hoje, são as definições e calibragem do algoritmo de preço da energia. Ao mesmo tempo que ele precisa ser rápido (na ordem de milissegundos), ele também precisa entregar o melhor preço para o cliente e nos proteger de riscos.” 

Vini, Tech Lead 

Garantir a assertividade do algoritmo de preço é uma tarefa constante. Para isso a equipe de Tecnologia aplica o que chamamos de “testes automatizados”. Esses testes consistem na criação de cenários diversos e na implementação de um processo automático, para rodar todos eles. O que se espera é que o algoritmo retorne valores iguais em todos os cenários. Na prática, é um software testando a integridade de outro software.  

Quanto às linguagens de programação, usamos JavaScript e TypeScript para resolver grande parte dos nossos problemas, além de Node.js e ReactJS como ferramentas de implementação. E para garantir a segurança dos dados do começo ao fim, nossa infraestrutura é hospedada na nuvem (AWS), com toda a comunicação feita para esse ambiente de forma criptografada. 

Trabalho remoto

Além de desvendar toda a complexidade do mercado de energia para fazê-lo caber em uma plataforma, nosso time teve outro grande desafio: executar tudo isso remotamente. Desde março a equipe toda passou a trabalhar de casa, para proteger a sua própria saúde e a da família, integrando tarefas repletas de detalhes à distância. 

“(…) tivemos que nos reinventar para vencer problemas do dia-a-dia, como todos estarem longe fisicamente e garantir uma boa comunicação, mesmo que virtual, por meses. Sem dúvida o engajamento de todo o time em oferecer a melhor experiência possível e descomplicar a negociação de energia é o ponto forte, que vai fazer desse produto um sucesso.” 

Hélio, Desenvolvedor 

Todo o esforço valeu a pena. A nossa inovação já está no ar e você pode conferir como ela funciona clicando em “quero cotar energia”, na página inicial do nosso site. Aproveite para testar agora mesmo e contar pra gente o que achou. Até a próxima! 

O melhor conteúdo sobre energia direto no seu e-mail
Compartilhar
Compartilhar
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami