Seleção de fornecedores: 7 passos essenciais para o processo de escolha e gestão

seleção de fornecedores

O primeiro passo para a seleção dos fornecedores é escolher parceiros que tenham objetivos alinhados com os da sua empresa. Uma escolha assertiva é fundamental para qualquer negócio funcionar de forma harmoniosa, uma vez que ambas as partes dependem uma das outras nessa relação comercial. Essa seleção é apenas o início de um bom relacionamento entre a empresa e quem fornece os produtos ou seus serviços.

Dito isso, além da seleção, a gestão dos fornecedores tem um importante papel em todo esse processo. Por exemplo, como podemos definir quais são os fatores que devem ser levados em consideração na seleção e na gestão dos fornecedores de energia?

Continue a leitura para entender melhor esse conceito de gestão e conferir as dicas para seleção dos fornecedores. Boa leitura!

O que é gestão de fornecedores? 

A gestão dos fornecedores está relacionada ao gerenciamento da cadeia de suprimentos, incluindo a seleção, a avaliação, o relacionamento e o monitoramento de todas as atividades. Então, esse profissional irá não somente escolher o fornecedor, mas também participará de todo o acompanhamento de inventários e da criação de uma política de compras que esteja alinhada com a do compliance da sua empresa e validada pelo jurídico.

Existem várias técnicas para que um profissional saiba colocar em práticas as melhores estratégias de negociação com os seus fornecedores. Essas habilidades podem ser estudadas e praticadas e elas garantem que a empresa consiga ótimos resultados comerciais na negociação. Por exemplo, um profissional com habilidades de negociação estará mais apto a fechar bons acordos que envolvam eventuais descontos e prazos de pagamentos que são mais vantajosos para a companhia que atua.

Como selecionar bons fornecedores? 

 Há uma série de passos a serem analisados para selecionar bons fornecedores. Aqui, listamos 7 dicas importantes na hora de fazer a seleção e sugerimos as melhores práticas. Confira!

1. Fazer uma pesquisa detalhada 

Para fazer a seleção de bons fornecedores o primeiro passo é fazer uma pesquisa detalhada de quais são as opções de empresas que fornecem aquele produto ou serviço que você está procurando. Essa pesquisa inicial pode ser feita através da internet ou indo em feiras específicas para encontrar o que a sua empresa procura. Ao fazer uma pesquisa dos fornecedores, comece listando as opções que você encontrou. Depois, avalie o máximo de fatores possíveis, comparando cada fornecedor que encontrou em sua busca, como:

  • Os resultados que você pretende alcançar com essa nova parceria;
  • A existência de sinergia com o seu tipo de negócio;
  • Os preços praticados pelos fornecedores;
  • O tempo de entrega dos produtos após o fechamento do pedido de compra;
  • As condições de pagamentos;
  • E as formas de trabalho de cada fornecedor.

2. Checar a credibilidade do fornecedor 

Esse passo diminui e até evita eventuais riscos relacionados com a escolha de um determinado fornecedor. Isso porque tendo em mãos um histórico sobre ele há maiores chances de escolher um fornecedor que não tenha tido no seu passado, por exemplo, atrasos nas entregas ou venda de produtos com uma qualidade inferior do que o negociado. Então, essa pesquisa pode reduzir possíveis imprevistos e pode ser feita de uma forma simples que explicaremos a seguir.

Essa checagem da credibilidade do fornecedor pode ser realizada através de um levantamento de referências. Para verificar a credibilidade, entre em contato com companhias que têm parceria comercial com tais fornecedores. Nessa checagem é necessário entender os seguintes fatores: histórico de transações, riscos financeiros, legais, reputacionais ou de compliance — conjunto de medidas implementadas pelas empresas visando à prevenção de riscos jurídicos que advenham do exercício das suas próprias funções.

Além disso, tente averiguar se uma das empresas consultadas já rescindiu o contrato e se a resposta for positiva, esclareça os motivos. Nessa ocasião, aproveite para conhecer os pontos fortes e fracos desse fornecedor.

3. Analisar a qualidade dos produtos fornecidos

Verificar a qualidade dos produtos comercializados pelos fornecedores é fundamental, já que essas mercadorias serão vendidas aos seus clientes. Por isso, a importância de sempre pedir amostras ou peças pilotos do que for comprado e fazer uma análise minuciosa da cor, qualidade, material e etc.

4. Conferir se prazos e entregas são cumpridos

Antes de formalizar uma parceria com um novo fornecedor, mostre a ele quais são as necessidades da sua empresa com relação aos prazos e entregas para que eles sejam cumpridos. Além disso, verifique se esse fornecedor atua com quantidades mínimas de entregas e condições especiais para enviar o produto. Lembre-se: quando um fornecedor atrasa a entrega, o envio ao cliente também será atrasado e nesses casos você pode estar se prejudicando, perdendo vendas e influenciando negativamente o seu atendimento ao cliente.

É fundamental já avisar ao fornecedor — antes mesmo de formar a parceria — qual é a sua demanda de entrega. É essencial que quem fornece os produtos à sua empresa seja flexível e possa atender às necessidades do seu negócio em casos de imprevistos ou demandas extras.

5. Verificar se as negociações são transparentes

A melhor forma de gerenciar os riscos que podem acontecer na cadeia de fornecimento é manter uma relação comercial com os fornecedores, que precisa ser embasada na confiança e na transparência.

6. Analisar os preços praticados

Na hora de selecionar fornecedores, outra dica importante é lembrar que o valor gasto com esses parceiros precisa, necessariamente, ser menor que o valor que você recebe pelas suas vendas. Apenas dessa forma você poderá cobrir seus custos e ainda lucrar o valor pretendido.

Por fim, lembre-se que é possível negociar valores e condições de pagamento com quem fornece o produto ou o serviço oferecido. Como, por exemplo, obter descontos quando for comprar dos fornecedores em grandes quantidades ou quando o método de pagamento for à vista.

7. Checar o suporte oferecido

A última das dicas para seleção de fornecedores também é fundamental. Preste atenção no suporte e no atendimento dos fornecedores que estão sendo analisados. Assim, verifique: 

  • quais são os canais de suporte oferecidos; 
  • rapidez e humanização no atendimento; 

Neste texto, você viu quais são os principais cuidados no momento de fazer a seleção de fornecedores e a importância de fazer a gestão deles. Esperamos que nossas dicas sejam úteis na formação das parcerias entre a sua empresa e os fornecedores!

Agora que você já sabe as maneiras de selecionar os melhores fornecedores, aprenda como realizar o gerenciamento de energia elétrica no Mercado Livre de Energia!