Alta produtividade no home office é possível, sim! Confira 7 dicas práticas

Quer saber como manter a alta produtividade no home office? Confira 7 dicas práticas, incluindo: prioridades, ergonomia, saúde mental e mais!

O isolamento social tem trazido muitas mudanças sociais e econômicas, inclusive no mundo corporativo. Segundo a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), 56% das pessoas entrevistadas têm dificuldade para gerenciar as atividades pessoais e profissionais, influenciando assim a produtividade no home office. 

Quer saber como equilibrar as demandas de casa e do trabalho? Então, este artigo é para você! Selecionamos sete dicas de como ser uma pessoa produtiva trabalhando de casa, principalmente diante da pandemia de covid-19.  

Primeiros passos para a produtividade no home office 

Para garantir a produtividade no home office, é importante levar em conta os seguintes fatores: 

  • Comprometimento de toda a equipe, uma vez que as ações individuais podem impactar no desempenho do time; 
  • Disponibilidade dos equipamentos necessários para a realização das funções. Isso inclui computadores, cadeiras, monitores e outras ferramentas, quando for o caso; 
  • Estabelecimento de uma fronteira entre as questões pessoais e profissionais, para não gerar mais ansiedade e estresse; 
  • Reorganização da rotina, para conciliar a vida pessoal com o trabalho; 
  • Investimento nos hábitos saudáveis, desde a alimentação até os exercícios físicos; 
  • Fixação do início e término do expediente, tal como as pausas para o almoço e o café;  
  • Manutenção da rotina, inclusive trocando o pijama antes de começar a trabalhar; 
  • Consumo consciente de energia, água e alimentos. 

7 dicas de produtividade no home office 

Quer descobrir como ser uma pessoa produtiva trabalhando em home office? Vamos às sete dicas práticas! 

  1. Priorize e acompanhe as demandas 

O primeiro passo para garantir a produtividade no home office é a priorização e o acompanhamento das tarefas. Comece listando aquelas que são mais urgentes ou que têm prazos pré-definidos.  

Planeje a sua agenda diária, mantendo o foco naquilo que é prioritário, para dar conta de todos os deveres em tempo. Por outro lado, tente ser flexível se, por acaso, surgir alguma urgência no meio do caminho, adaptando a lista de prioridades.  

  1. Prepare o ambiente de trabalho 

Busque trabalhar em um ambiente reservado, organizado e confortável, que seja livre de ruídos e distrações, na medida do possível. Pense que esse é um espaço profissional e, de preferência, diferente do local onde são realizadas as refeições. 

Outro ponto-chave é a ergonomia, para resguardar a saúde e a segurança de cada pessoa. Isto é: postura, movimentos corporais, equipamentos, ventilação, iluminação e assim por diante. 

  1. Comunique-se com frequência 

O diálogo é a chave do sucesso, mesmo quando não estamos no mesmo ambiente físico. Além do telefone e do email, podemos usar as tecnologias para diferentes finalidades, como na troca de mensagens instantâneas, pelo Microsoft TeamsWhatsappTelegramSlack e afins. 

A propósito, lembre-se de alinhar os detalhes de um projeto com as pessoas envolvidas, para que todas estejam “na mesma página”. É essencial conversar sobre prazos e requisitos das tarefas, bem como armazenar e atualizar documentos remotamente, via OneDriveSharePointGoogle DriveDropbox e outros. 

  1. Defina suas regras e limites 

É indispensável se comprometer com as entregas, organizando o tempo diante da autogestão. Porém, procure fazer isso durante o horário de trabalho e, também, respeitando o período de descanso. Aliás, o mesmo critério vale para não realizar atividades pessoais no decorrer do expediente. 

E aqui vai uma dica de neurociência em relação à produtividade no home office: mantenha a rotina. Embora não seja necessário gastar o tempo do deslocamento até a empresa, cuidado para que as demandas domésticas não atrapalhem o início do trabalho. Afinal, o “efeito dominó” pode prejudicar os outros compromissos. 

  1. Faça reuniões pontuais 

Conforme for necessário, marque videoconferências com horários pré-determinados, de modo que as interações sejam mais objetivas. Em um cenário ideal, vale preparar a pauta antecipadamente e avisar cada participante. 

Por falar nisso, esses encontros virtuais podem acontecer diariamente, semanalmente ou sob demanda. No caso, podem ser usados aplicativos como: Microsoft TeamsGoogle MeetZoomSkype e outros. 

  1. Compartilhe tarefas  

Se você sentir uma sobrecarga, peça ajuda para colegas. Em geral, o trabalho em equipe costuma trazer resultados positivos, contudo, tente não deixar esse pedido para a última hora. E, sempre que possível, mostre-se disponível para ajudar o time. 

De fato, o cansaço e o estresse podem prejudicar as funções cognitivas, por isso, é fundamental fazer uma coisa de cada vez. Não tente ser multitarefas, se não estiver dando conta do volume de atribuições. Entretanto, comunique isso claramente para a liderança, ok? 

  1. Cuide da saúde mental 

Por último, mas não menos importante, lembre-se de cuidar da sua saúde mental. Enquanto algumas pessoas acham que são mais produtivas no home office, outras sentem que trabalham mais do que o habitual e ficam sobrecarregadas. Portanto, é preciso atentar para os sinais de que algo não está bem.  

Por sinal, aproveite para conferir esse podcast sobre autocuidado e gerenciamento das emoções. O episódio conta com mais algumas dicas que também contribuem para a produtividade no home office, entre elas: 

  • Refletir sobre qual é a prática de autocuidado mais relevante para você; 
  • Pensar se realmente está cumprindo suas necessidades básicas. Algumas são simples como beber água e ir ao banheiro. Outras delas são: fazer atividade física, se alimentar adequadamente e, ainda, respeitar o sono; 
  • Aprender a dizer “não” para gerenciar o tempo e criar a sua própria rotina; 
  • Cultivar relacionamentos saudáveis e de qualidade; 
  • Respeitar o seu momento e, também, as suas escolhas.  

Pronto! Agora que você já conferiu as dicas de produtividade no home office, que tal acessar mais conteúdos no nosso blog? Aliás, temos uma categoria exclusiva sobre Gestão & Negócios, para ajudar sua empresa a crescer, de maneira sustentável!